quarta-feira, 24 de novembro de 2010

23:21

Seize the Day ...

''.. Seize the day or die regretting the time you lost .. "


Ser feliz é hoje, não há o que se queixar.
O mau já foi feito basta se conformar,
Eu não queria te deixar mas é assim que as coisas são,
Não posso continuar assim.
Os meus medos continuam os mesmo, mas hoje não vou mais sofrer por eles,
Porque descobri que posso sorrir sozinha, sem sua sombra.
Não sei se isso é para sempre mas quero tentar, 
Por mim, pela minha vida frágil e mortal.
Quero abrir minha asas e voar pra longe daqui,
Sentir que sou melhor que você, que posso sonhar.
A chuva está forte mas logo irá passar, porque o sol sempre nasce.
A noite me da vida nova,
Mas pela manhã junto ao sol eu ficou mais calma leve .. como se o vento pudesse me fazer voar ..
entro em contato com aquilo que é divino, e me sinto bem por hoje.


".. a melody, a memory, or just one picture .."


Junto dos meus pensamentos e divagações, 
Bem perto de um recomeço,
Não sei se tenho forças sozinha estou tão presa ao passado,
Mas vou continuar seguindo o meu novo caminho sem você.
Eu sofro também, não chore isso passará,
É algo que precisamos fazer, não nos pertencemos mais.
Nós somos jovens, isso é verdade então siga o seu caminho também,
Pois agora é cada um por si.
Vamos aproveitar o que ficou de bom em nós fora ambição,
Me dê sua mão vamos passear, vou te explicar as coisas.
Quero que seja feliz e eu quero ser feliz também,
Você entende o que estamos passando?
Vamos nos permitir.


".. Will you take a journey tonight, follow me past the walls of death?
But girl, what if there is no eternal life? .."

Ela não existe para nós,
Nunca existiu.
Mas foi tão real quanto o céu é azul,
Foi tão forte quanto um furacão.

".. So, what if I never hold you, or kiss you lips again?
So I never want to leave you and the memories for us to see
I beg don't leave me .. "

Vou sentir também, eu já disse mas não posso mais.
Faz parte da vida algo novo começa e outro termina.
Sempre estive sozinha ao teu lado, então nada mudará,
Tudo mudará.
Mas é melhor assim.

"(Silence you lost me, no chance for one more day)"

... Aproveite o dia ou morra lamentando o tempo que você perdeu ...
... Seize the day or die regretting the time you lost ...

* Inspirada na música Seize the Day do Avenged Sevenfold *

terça-feira, 23 de novembro de 2010

21:46

Desespero ...

Estou do outro lado da porta, do outro lado de tudo, na reflexão de uma vida inteira, num abismo sem fim, perdida e sozinha com medo do mundo, encontrar uma saída e escapar, me afogar e acabar com tudo.
Do outro lado tudo é escura, tudo é desnudo, tenho medo de acordar, tenho medo de dormir, talvez seja assim para o resto de tudo que sinto, num soluço, num abraço e no cansaço de esperar tudo passar ... 
Tudo acabar !

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

01:24

De pernas para o ar ...

-Não sinto minhas pernas mais ..
Tudo está suspenso, com uma viagem sem fim.
As estrelas do meu céu já param de brilhar,
Tudo parece tão abstrato ..
Num vai e vem profundo,
As cores, os amores .. A música de fundo,
Não quero dormir, já nem sei que horas são,
Quero dançar ..
As palavras bailam no ar, que céu mais lindo.
Vejo tudo girando devagar, e vai acelerando a cada minuto,
É tudo muito louco ..
Gargalho gostosamente ..
Filosofo o tempo.
-E as borboletas?
-Que borboletas?
-As roxas, verdes, amarelas ..
-Quem é você?
-Você!
-Eu?
...
-O silêncio me devora, me diga quem é você?!
-Sou sua inspiração.
-Que bom que você voltou .. Senti sua falta.
Da próxima vez deixo a porta aberta ..
-Já estou indo!
-Não vá, fique .. ?
- ...
-Não me digas não, nem sim pra eu não ficar ansiosa .. Só fique em silêncio ..
Veja as borboletas .. São lindas não? ..


...

domingo, 14 de novembro de 2010

18:31

O preço da distância ...

Tudo passa a ser muito caro quando a ausência está presente,
Contas de telefone, horas em frente ao computador relendo e-mail's.
Tudo é saudade ...
A falta daquele abraço em especial, aquele sorriso singular,
O colo a me ninar, indubitavelmente sofro por você não estar aqui.
Quero teu sossego de volta, teu beijo doce, quero você perto das minha mãos,
Estar em tua órbita, no teu continente, marcando a mesma hora no relógio central.
Quero teus conselhos de amigo, e ciúmes de namorado,
O que fomos um para o outro?
Ainda não sei ... Nunca saberei.
Mas quero você de volta !
Ao meu lado como amigo ou o que for ...
Volta?

terça-feira, 9 de novembro de 2010

00:20

Inclinação ...

Meus erros, meus medos todos eles contra mim, todos na minha frente me cobrando me julgando.
Eu me sinto atada a eles, morta junto deles ...
Mas eu estou pronta para recomeçar !! 

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

04:50

Epitáfio ...


E se a vida foi um grande erro ...

Se a morte não for tão ruim assim?
Ela nunca me pareceu tão doce como agora ...
... tão quente ... ... tão plena ...
... tão fria ... 

Se eu morrer agora, será que vão sentir minha falta?
E o que vão dizer?

 - Que dó era tão bobinha aquela menina.
 - Ela era uma louca, falava de mais, acreditava em coisas impossíveis.
 - Amou de mais, e pouco fez.
 - Acreditou nas pessoas. 
 - Era triste e mau humorada.
 - Me dava pena ...

Será que choraram por mim?
Me mandaram flores e pesares?
Alguém irá ao meu velório ou se quer ao meu enterro ?

As vezes gostaria de saber ...

"Aqui jaz :
A Mulher, que Amou, Lutou e Viveu ... Que foi do drama à comédia, que fez de sua vida uma eterna poesia."

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

22:47

Prece ...

Pai, pela gente que não sabe amar,
por quem não sabe perdoar.
Pai, por aqueles que não sonham,
por quem perdeu a fé.
Pai, pelos que falam mas não vivem,
por quem mente.
Pai, por aqueles que não acreditam,
por quem se conforma.
Pai, pelos jovens que a caminho do Reino perdem o seu valor,
por aqueles que perdem sua utopia.
Pai, por nossos governantes,
por quem rouba nosso dinheiro.
Pai, por quem não me ama,
para que não tirem de mim o respeito.
Pai, pelas pessoas que como eu rezam,
por quem ainda reza.
Pai, por nossa voz,
por quem segue lutando.
Pai, por quem trabalha mal,
por todos que se vangloriam.
Pai, por mim que já se cansou,
para que nunca desista da luta ...
Amém.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

03:18

A cegueira da visão ...


Não vejo nada ...

Preciso que os olhos vejam o que é bom ou ruim ...

Matar a vontade !!

03:07

"... Se lembrar de celebrar muito mais ..."

Teatro
Estreasse
Animação
Amigos ... hum ... Cerveja
Conversas
Risadas
Besteiras
Problemas ... ixii ... Trás mais uma.
Merdas
Gargalhadas
Banheiro
Novas amizades ... eita ... Desce mais uma rodada.
Celular
Bronca
Risos
Madrugada ... aahh ...
A saideira

02:43

Triste Fim ...

Fiquei a pensar esses dias no fim da vida, deitada a olhar as nuvens que vem e vão, pensei em tudo em como eu iria morrer, e como seria enterrada, e o que estaria escrito em meu epitáfio...
Então ri de tudo!
Oras, mas que boba eu, pensando nessas coisas ... O silêncio calou-me, pus a pensar no valor da minha vida,
nas coisa que fiz ou deixei de fazer, nas aventuras, nas carícias, nos abraços, nos beijos ...
Percebi que se morresse naquela hora seria o ser mais sem sorte e solitário do mundo, passaria dias ali até alguém sentir minha falta ...
Não esperei nem a lágrima cair, me coloquei de pé, firme e dura, me obriguei a parar de tolices, então comecei caminhar, fui sem rumo até o fim da estrada, caminhei horas sozinha, sem ninguém ao meu lado,
só o vento e eu, e por sinal vento frio e duro, já não sentia nem minhas pernas quando me pus a chorar.
Já não tinha mais forças para lutar contra aquilo que vinha de dentro de mim ... 
Pedi para morrer, mas infelizmente não fui atendida.
Adormeci ...
E até hoje não sei se foi sonho ou realidade, só sei que nunca mais quero acordar assim !!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

18:27

Ambientar - Se ...

Hoje a cada dia que passa aumenta o nosso caos ambiental, a poluição em crescimento geral, indústrias, desmatam, jogam seus gases no nosso céu não mais risonho e límpido, destroem à beleza e a pureza de nossos mares e rios. A destruição é total, há tantas espécies em extinção e tantas fadadas ao mesmo fim, um deles os seres humanos .
Há de se admitir que a culpa também é nossa, nós que jogamos nossos lixos em qualquer lugar, nós que fechamos os olhos para essa destruição. É necessário uma reeducação, é preciso ambientar - se! Com o passar dos anos várias ONG's surgiram, para juntos tentarem mudar essa situação, com campanhas de reciclar nosso lixo, de plantar novas árvores e de cuidar do nosso lar à Terra.
É muito fácil ajudar, reciclando, usando de nossa cidadania, não jogando lixo no chão e associando - se a uma causa, é preciso sobreviver, pois enquanto se vive se luta, e ambientar - se hoje é mais que preciso ... Recicle sua ideia ... Seja eco !!

domingo, 3 de outubro de 2010

22:42

Esperança ...

Esperei tanto pela primavera, que nem consigo sentir seu gosto de tanta euforia.
Junto as flores da rua, nasceram flores em mim, no compasso do batuque no tun tun do meu coração
já vem o ritmo da bateria, um carnaval fora de época dentro de mim. 
O sorriso me vem a boca, não consigo disfarçar, meus olhos brilham, minha boca canta, meus pés
sambam, incrível e mágico.
Tanta paixão dentro de mim, é a esperança da primavera a preencher o vazio,
até esqueço dos problemas.
Voar com as borboletas, sim, porque quem aprende a voar não vê graça em andar por entre os
Jardins de Girassol.
Ah e como o Girassol reina esplendoroso, tal qual o próprio Sol a iluminar meu dia.
Festa no meu coração, mil sensações, viajo olhando as nuvens no céu.
A me perguntar :
-Será que isso tudo é verdade ? 
. Viver . Amar . Lutar .

sábado, 2 de outubro de 2010

00:08

Devaneio ...

Um cálice, uma vela, entre pernas e braços que se cruzam e se enrolam, entre loucura e prazer, entre o desejo de ter e ser. 
Bocas quentes, fervendo procurando um corpo, que ainda não sabe o que fazer. 
Uma esquina,  e todos parecem saber no que vai dar , as mãos tocam o corpo, o corpo se arrepia, num soluço de quer mais, dá as mãos um descanso e com toda delicadeza retruca cada carinho...
No final tudo não passava de um sonho, de um devaneio.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

00:04

Entrelinhas ...

Evitei dizer até agora, mas já não cabe em mim, isso tem que ter um fim, não tenho mais tempo nem para mim nem para você.
Seremos como as poesias que sofrem em demasiado, mas sempre tem seu final feliz, pelo menos aqui nestas linhas mal traçadas nas quais tento expor meus pequenos sentimentos, onde ao ponto final se acabará sem mais nem menos por esquecimento meu ou por medo da solidão que é viver sem você !

terça-feira, 28 de setembro de 2010

00:06

Desabafo de uma Noite ...

Irritabilidade a flor da pele, tudo parece explodir dentro de mim , tudo dói, tudo me faz mal.
As marcas me desfiguram tornando minha história mais uma contradição irremediável.
Morrendo por dentro, descrente, ainda há fé mas não sei em que!
Não sei mais o caminho, me perdi, não sei por onde caminhar, não sei o que será, tudo não faz sentido!
Estou em meio a vários lenços de papel, em lágrimas profundas ... Angústia suprema.
Quero acabar com tudo. Mas não tenho coragem ...
Quando eu preciso de colo, não tenho, acho que é meu carma  sempre resolve-los sozinha !
Sempre sozinha ... 
Eternamente em contradição, em mutação mas hoje sem forças para continuar ...


sexta-feira, 24 de setembro de 2010

18:13

Marcas ...

Marcas, que machucam
Marcas, que me curam
Marcas, de um amor
Marcas, de uma dor.


São marcas de vida e de morte.
Marcas causadas pela vida, que se traça 
e pela morte que me resta.
De que adianta você me dizer que é verdade,
se as marcas que tenho são distintas das que tens.


Marcas que são tuas,
Marcas que são minhas,
Marcas de mel,
Marcas de fel.


São marcas que me afogam num copo de bebida,
de medo da ferida.
São marcas que me cobram a verdade.
Marcas de uma vida ... Marcas ... Apenas Marcas.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

01:22

3 coisas ... 6 atos ...

O que fui, o que sou e o que serei?
Na loucura da noite a dama de vermelho, sua deusa, ser prazer, dar prazer. 
A tarde apenas uma criança, para brincar de roda, para ser a ciranda, que gira e encanta.
De manhã um bebê que só quer deitar em teu colo e dormir, me deliciar com teu aconchego.
Há três coisas, o fui, o sou e o serei, o teu bebê, tua menina e a mulher do prazer 
... Serei o que quiser ...

domingo, 5 de setembro de 2010

23:51

. Um certo Sei lá .

São dois lados, 
Duas forças,
 No fio da tomada a corrente que leva ao certo gesto, 
Ao certo som que não se abala, que não se ensurdece que não se esquece de nós ...

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

00:59

Palavras Incompletas


A incompetência da palavra a falta de compreensão.
O medo da ação e a argumentação da paixão.
De que adianta tanta pose?
De que adianta tanto status?
Se quando te vejo eu tremo, me desespero.

Te procuro, te curo a dor.
Te faço rei, te faço ator.
Conto histórias, te faço sonhar.
Mas com quem?
Comigo?
Ou com as palavras?

A noite sua deusa, sua fada , sua dor ...
Nos dias que me resta apenas uma flor.
Sou sua amada apenas uma dor... que me cega, que me resta?
Apenas tua dor ...

Quero ser mais do que isso quero ser o seu amor !





quarta-feira, 1 de setembro de 2010

23:07

Fim de Tarde ...


O céu e eu
O sol e eu
O mar, o vento, as nuvens, a areia entre os dedos dos pés,
Nós juntos.
Em mim a melhor sensação do mundo.
Um sopro de vida.
Paixão no ar.
E o melhor sorriso no rosto,
Mãos se encontram,
Olhares se cruzam.
Risos e palavras ao vento.
O céu em multicor parece rir para nós.
O astro rei por completo laranja,
Nos aquece o corpo e o som de nossas vozes o coração.
Aquela visão nos tira o fôlego, faz-se em silêncio ...
Agora os olhos falam por nós,
Já não há mais necessidade de nada .
Os corpos se aproximam ... os lábios também ...

Enfim o beijo ...
A noite vem !!

domingo, 29 de agosto de 2010

16:26

Chega !!





Justiça,
Olhos fechados.
Coragem,
Mãos entrelaçadas.
Luta,
Punhos cerrados.
Denuncia,
Justiça, coragem e luta pelo povo ... pelos jovens !
Chega,
de nos esconder,
de nos esquivar.
Chega,
de sofrer,
de morrer.
Chega,
de calar - se,
de calar.
Sair do silenciamento
dizer não, dizer ...

CHEGA de Violência e Extermínio de Jovens !!


sábado, 28 de agosto de 2010

15:27

Homens ...



Ah os homens ... Crianças ... crescidas, porém crianças ...
Mas que crianças que me irritam. Como entende-los ?
Vão de ingênuos à galinhas em um minuto, são seres de outro planeta mesmo. Marte !!
Se já difícil entender uma mulher, imagina um homem que não sabe o que quer ... Por Deus como é foda !! (se é que eu posso colocar Deus e foda na mesma frase sem ser sacrilégio?!).
Tudo para eles é prático ... Talvez para sobrar tempo para nos irritar ... Não já sei!! Para falar aquelas coisas que ninguém entende ... (mas agente sempre ri que é pra não prolonga a história e nem mesmo constrange-los).
Me deixa louca pensar em coisas do tipo, que pro homem ele pode pegar todas da balada e ser o garanhão, já a mulher se faz o mesmo é biscate !!
Mas agente também é idiota de aceitar essas coisas ... Existe uma história que diz que quando Deus fez Eva, para Adão, depois de ele "experimentar" ela, ele questionou a Deus:
-Deus por que fizeste Eva tão gostozinha para mim?
-Ué para você ama-la !!
-Ah ! ... Mas por que ela é tão burrinha ?
Rindo Deus respondeu:
- Oras pra ela conseguir te amar !!

Por fim eu os ODEIO, mas os AMO sem fim ... Dedico a todos os meus homens ...
Amo vocês Forevermente !!

terça-feira, 24 de agosto de 2010

01:03

'O essencial é invisível aos olhos'


Hoje terminei de ler "O Pequeno Príncipe" de Saint-Exupéry, chorei horrores sem se quer entender o por que de minhas lágrimas, mas senti como se eu tivesse acabado de perder meu adorável príncipe, como se não fosse voltar mais. E agora toda vez que penso nisso meus olhos se enchem de lágrimas, creio que havia perdido essa minha inocência, perdido a minha grande causa, o amor. Ah como isso é triste! Eu sei o que é o amor, mas estava deixando ele se perder. Eu quase pude ver os olhos do Pequeno Príncipe a me dizer adeus, foi quando não aguentei parei de ler e me coloquei a chorar ... o silêncio me invadiu, só retornei a leitura para acabar logo com tudo, porque por mais triste que seja o doce nos toca aos lábios.
Por fim quero sempre me lembrar daquela paisagem, aquele céu, aquela estrela, aquele Pequeno Príncipe.
Isso não foi da boca pra fora foi do meu coração gritando ...

Cativa - me !!

(escrito em 06/08/10 ás 02h22)

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

14:53

De malas prontas para SUMIR ...


Hoje acordei querendo sumir ...

Repassei tudo o que fizemos ontem na memória, reli minhas falas e frases de efeito me peguei com nojo de tudo isso !!
Não que na noite passada eu não tenha me divertido, muito menos gostado, mas o pior é que gostei muito ... Na verdade agora mais que nunca estou pronta para sumir daqui.

Sumir sem dar explicações ...

Desviei olhares fiz o jogo de todos descobri que aprendi não sentir nada, nada de bom nada de ruim ...
Fui eu e ponto sem sentimentos agi como se não fosse dali ...
E não era mesmo.
O que uma guria faz no meio de três guris?
É o que me perguntei varias vezes até me perguntar quem eu era ... Eu acho que nem eu mais sabia de nada, como ainda não sei, só sei que aqui dentro de mim vem mudando muito, e eu mudei de mais ... As coisas que eu quis não são mais as que quero, muito menos voltarei a querer ... Ouviu bem? ... Eu sou de mim mesma mais ninguém !!

Por que voar se torna tão difícil quando se tem respeito?
... É duro delirar perto de conhecidos ... Mas há de se admitir que é mais satisfatório os olhares de repulsa e a viagem nas músicas memoráveis histórias ... Louca? imagina apenas celebrando ... Gosto da minha transmutação é certo que há contra indicações mas o que eu senti quando acordei hoje falou muito mais alto que antes ...
Me arrependi de tudo ... Será que eu deveria ter me portado bem ... ou melhor pior?
... kk .

como diria Madona :

'Sou durona e ambiciosa e sei o que eu quero. Se isso me faz uma vadia, tudo bem.'

... kk .

Ah mas o que importa agora o ontem já passou ... E o hoje já esta se acabando e o amanhã ... hahaha ... o amanhã não nos pertence ainda ... o importante é viver ...
... E não me importa pra onde eu vá ...
A vida não é feita só de felicidade e amor (infelizmente), mas ainda dá para ser feliz e se divertir muito ... A raiva que passei hoje já não é a mesma, e o que senti logo vai passar ... e no fim das contas aquela vai ser apenas mais uma noite. E espero passar ainda muitas com você ... kk .

... E não me importa pra onde eu vá ...

Aquilo que falaram pra me rebaixar ontem já não faz total sentido e nem fará ... sou aquela que você nunca terá ... pois seu marxismo é nojento !! De que adianta me elogiar quando estamos juntos e na frente de outros fazer isso ... kk . crianças ...

... E não me importa pra onde eu vá ...

As palavras que você diz não fazem sentido, infelizmente já senti coisas boas por você mas a vida não é perfeita não é ? ... Te quero bem meu anjo mas ... Jamais ... kk .

... E não me importa pra onde eu vá ...

Vou sempre levar vocês comigo por bem ou por mal ... mas é preciso seguir a inclinação ... e eu vou seguir ... pois eu sou assim ... louca ... porém muitoooo FELIZ !!

Ao infinito e além ... hahahahaaha ...

Beijo, me liga ! ;)