domingo, 3 de outubro de 2010

22:42

Esperança ...

Esperei tanto pela primavera, que nem consigo sentir seu gosto de tanta euforia.
Junto as flores da rua, nasceram flores em mim, no compasso do batuque no tun tun do meu coração
já vem o ritmo da bateria, um carnaval fora de época dentro de mim. 
O sorriso me vem a boca, não consigo disfarçar, meus olhos brilham, minha boca canta, meus pés
sambam, incrível e mágico.
Tanta paixão dentro de mim, é a esperança da primavera a preencher o vazio,
até esqueço dos problemas.
Voar com as borboletas, sim, porque quem aprende a voar não vê graça em andar por entre os
Jardins de Girassol.
Ah e como o Girassol reina esplendoroso, tal qual o próprio Sol a iluminar meu dia.
Festa no meu coração, mil sensações, viajo olhando as nuvens no céu.
A me perguntar :
-Será que isso tudo é verdade ? 
. Viver . Amar . Lutar .

0 comentários:

Postar um comentário