quinta-feira, 4 de novembro de 2010

04:50

Epitáfio ...


E se a vida foi um grande erro ...

Se a morte não for tão ruim assim?
Ela nunca me pareceu tão doce como agora ...
... tão quente ... ... tão plena ...
... tão fria ... 

Se eu morrer agora, será que vão sentir minha falta?
E o que vão dizer?

 - Que dó era tão bobinha aquela menina.
 - Ela era uma louca, falava de mais, acreditava em coisas impossíveis.
 - Amou de mais, e pouco fez.
 - Acreditou nas pessoas. 
 - Era triste e mau humorada.
 - Me dava pena ...

Será que choraram por mim?
Me mandaram flores e pesares?
Alguém irá ao meu velório ou se quer ao meu enterro ?

As vezes gostaria de saber ...

"Aqui jaz :
A Mulher, que Amou, Lutou e Viveu ... Que foi do drama à comédia, que fez de sua vida uma eterna poesia."

0 comentários:

Postar um comentário