domingo, 6 de fevereiro de 2011

22:48

Se não é amor eu não sei ..

Dos batuques, da alegria, do encanto, da euforia..
Eu vejo aquela juventude a encantar com seu jeito único, sua fé.
Me arrepia, me faz querer dançar, me traz amor, me faz lutar.
Ela me carrega no colo, me fascina.
Por vezes me dá raiva, mas basta vê-la  que tudo passa, tudo é festa.
Não quero mais outra coisa, não quero ter que me afastar dela.
Não quero ficar sem ela.
De festa em festa .
De canto, encanto.
De luta em luta.
De amor , a cor.
A minha juventude, vai caminhando vai.
Dançando vai.
Dela eu só tenho a agradecer.
Ela é que vem minha força de viver ..
Meu pão de cada dia, minha Vigem Maria.
Meu eu aparecido, o que ainda ninguém leu.
De reza em reza.
De medo, eu cedo.
De vivida é vida.
De flor em flor um beija flor.
E eu beijo o manto a bandeira de luta.
Nossos simbolos estampados na cara.
Nossa história nas mãos.
Nossos pés no chão.
De palmas nas mãos.
De celebração.
A missa festiva, o Canto nagô ..

Se isso não é amor eu não sei .. Eu não sou!



0 comentários:

Postar um comentário