quinta-feira, 31 de março de 2011

03:22

Pudor

De vermelho ela veio, só para enfeitar seus pensamentos mais sórdidos. Se queimando por dentro ela vem, toda gota, toda moça tem um quê de puta. Toda mulher sabe ser uma. Com passos largos ela cruzou a cozinha, ela parecia dançar. Debochava, brincava com a boca. Ela é dona do poder, aprendeu a mandar com o marido. Hoje ela não é Amélia hoje ela é o Prazer. 
Ela sabe onde chegar.

Feito dona do destino ela faz e desfaz, faz ele pirar. Ela quer ele também. Quem disse que isso não é amor? Ela sabe como amar, como agradar. Toda menina sabe se cuidar, toda menina aprende o que é cuidar, toda menina sabe se dar. E virar mulher. Finge que não há ninguém olhando, abre o vestido lentamente. Olha de canto um olhar fatal de quem vai te devorar, e a fome é tanta que não consegue nem disfarçar. A partir dai tudo fica por conta da imaginação de qualquer pervertido ou mulher se razão
...
Toda mulher tem, toda mulher dá.
Poder & Pudor. 


 Só não vale espalhar pois ela é uma mulher de respeito. Como todas são!

segunda-feira, 28 de março de 2011

22:25

Horas

O tempo não é resposta.
.
Ela saiu e nem quis ver que horas eram.
Se perfumou, na boca rosa chiclete um leve sorriso forçado.
Vestida para não voltar.
Seguiu seu caminho rotineiro.
Mais um dia de trabalho.
Lá foi ela mais uma vez vender sonhos que nem ela acredita.
Ela perdeu a fé.


.
Seis da tarde hora de voltar.
O único momento de felicidade do dia.
Ela até dança na rua.
Como era de se esperar.
Ela finge gostar da vida mais uma vez.


.
Ela se deita no sofá, não faz questão de se trocar.
Liga a televisão em qualquer canal.
Só pra distrair.
Ela cai no sono.
Ela sonha pela primeira vez naquele mês.


.
Acorda assustada.
E já se prepara para o café.
Olha no relógio.
São três da manhã.
Ela volta a deitar.
Sem perspectiva ela pensa na vida.
Faz planos que ela não irá cumprir.
E cai no sono de novo.


.
Decidiu que hoje ela não iria trabalhar.
Estranho, mas ela estava tentando se salvar.
Horas mais tarde se pintou e foi a luta.
Ela sabia o que queria.
Ela ia tentar mais uma vez.


.
Bateu em sua porta, e ninguém atendeu.
Decidiu esperar.
Uma hora ele ia voltar.
Esperou e esperou.
Já se passará uma hora ali sentada no chão frio.
Achou pouco tudo aquilo.
Pensou que merecia mais.


.
Eis que ele chega.
O coração vem a boca.
Ela respira fundo levanta e diz:
- Como vai você?

(Silêncio)


-(Um breve sorriso) . Faz um ano que te espero. Como acha que eu estou?
-Desculpa a demora, eu estava pedida no tempo.


.
Sem receber resposta ele à abraçou.
E foi um abraço demorado.
Após horas se olhando, o beijo veio seguido de um riso sem fim.
Ambos estavam completos pela primeira vez depois de um ano.
Horas se passaram ali.
O perdão emanou.
O tempo não passou.


.
Ela constatou que o tempo não apaga.
Não faz esquecer.
Não muda.
Se ela não deixar.
Se ela não quiser.


.
Eles seguiram sem planos.
Apenas sonhos
Apenas amor.
Sem tempo.
Sem presente ou futuro.
Agora juntos.
Completos.
Felizes.


.
Não há tempo ..


04:59

... be ...

O tempo é curto.
Não temos tempo de respirar.
Não temos tempo para sonhar.
O tempo é duro.
Nós trabalhamos o tempo inteiro.
Nós não paramos.
O tempo é outro.
Temos a tecnologia.
Temos contato com o mundo.
O tempo peca.
Tudo passa.
Tudo vira nada.
O tempo não perdoa.
Ele voa.

Saia do lado de fora.
Saia de si.
Exagere na coreografia.
Deixe a música te levar.
Sinta o vento bater.
Enlouqueça.
Seja você.
Arrume um tempo para ser feliz.
Para amar.
Para cuidar.
Para plantar.
Para viver.
Ser Feliz!

sexta-feira, 25 de março de 2011

20:43

Para Sempre e Sempre . ..

Foram plantadas e semeadas iguais, mas deram frutos diferentes.
Uma deu Paz e a outra Amor.


Aquela que deu frutos de amor era a mais bela.
A mais iluminada.
Seu brilho era forte.
Brilhava mais do que milhões de sóis.
Era forte e frágil.
Era espelho daquela que deu frutos de paz.
Era o doce de sua vida de paz.
Juntas eram uma para outra a metade que completava sua alma.
Mesmo distantes ou na diferença sempre se mantinham unidas ...
Juntas para sempre!






- Embora minhas palavras sejam lúdicas, é assim que eu me sinto contigo.
Me sinto como parte de algo que só é pleno quando estão juntos .. Como a Paz e o Amor.
Você faz parte de mim, mais em nossas diferenças do que semelhanças.

Ti amo .. Ti cuido .. Para sempre e sempre!

Para minha irmã companheira e amiga
Sabrina Ortega Ferreira 

quinta-feira, 24 de março de 2011

03:01

Eu quero estar !

Estar só pra admirar ..
Estar no branco do olhos,
E no amarelo dos dentes.
Estar no abraço apertado,
E no beijo de amor.
Eu quero estar lá quando a chuva passar.


Estar só por estar ..
Estar no coração.
Estar no chão.
Estar no que se chama paixão.


Eu quero estar no simples e no complexo.
Quero a ternura de um poema e na loucura de um romance.
Quero estar no olhar do noivo a espera da noiva.
Quero estar na boca a salivar.
Eu quero estar lá só para sonhar.


Eu quero estar na beleza da descoberta.
Quero inicio meio e fim.
Eu quero estar lá no fim de tudo.


Eu quero simplesmente estar e viver!



terça-feira, 22 de março de 2011

02:32

Carta Final.

    Eu sei que vou sofrer muito para te tirar do meu coração, sei que eu morrerei a cada dia pensando que você não é meu, te imaginando com outras que não te darão o que você merece, que serão como o vento que passou, que não vão cuidar de você como eu, que não vão te dar o que eu posso te dar. Mas também não vou ficar esperando você se decidir, você me descobrir e me amar de verdade; Não vou esperar por alguém que não virá!
    Hoje eu sinto que você, já está indo embora daqui, do meu coração, mas vai deixar uma marca indelével, pois você foi e é algo muito especial para mim. Creio que isso é minha despedida de você, pois não vou te esquecer nem que eu queira, mas é preciso partir, é preciso seguir. Uma coisa espero que fique de mim em você, meu sorriso, meu olhar e meus medos, porque esses foram seus enquanto permaneci com você e desejo que continue, pois foi o melhor de mim por um tempo.
    Hoje te olho com outro olhar, não menos que antes, mas mais que ontem e menos que amanhã! Porque você foi inicio, meio e será Fim!!

PS.: Te Doluh ... E porque não dizer Te Amo!



*Dedico a todas as Mulheres que ousaram e ousam amar.


[Essa é uma carta que nunca tive a pretensão ou intenção de entregar, mas que escrevi para enterra esse sentimento tão imaturo, porém tão sublime que vivi dentro de uma amizade, que nunca se tornou realidade por medo de ambos. Mas decide posta-la aqui por conta de ouvir e ler muitas mulheres em busca de apagar de suas vidas paixões mal resolvidas. Com certeza isso não serve como ajuda, mas é como eu sai e segui em frente. Por isso mantive ela da forma que escrevi na época, passional e determinada, mudando apenas alguns erros de gramática. Fui dona da minha história e escolhi sobreviver!]




(Escrito originalmente no dia 19/03/2010 ás 01:00)

segunda-feira, 21 de março de 2011

00:15

Pressa na MUDANÇA!!

Cansei de ouvir promessas.
Cansei de frases feitas ..Cansei de estar cansada!!
Tenho pressa, tenho sede de mudança.
Cansei de um povo que não se ama.
Cansei de reality shows ridículos e desumanos.
Tenho pressa do novo.
Cansei da falta de respeito.
Cansei da falta de dignidade.
Tenho pressa nos bons costumes.
Cansei da má educação.
Cansei da falta de saúde.
Tenho pressa do dia melhor para todos ...
Chega de miséria.
Miséria da mente.
Miséria da fome.
Miséria da alma.
Chega de medo.
Medo do amanhã.
Medo de morrer.
Medo de viver.
Eu quero ver esperança e fé nos olhos dos meus.
Quero crianças nas ruas.
Quero felicidade, paz e amor como lei.
Quero pão em todas as mesas. 
Não só o pão que mata a fome de comida,
Mas aquele pão que enche a vida de:
Educação
Saúde
Respeito
Lazer
Dignidade.








Eu cansei de escutar que a mudança começa comigo,
quero respostas mais concretas, eu quero verbas no seu devido lugar.
Odeio ouvir discursos, seja de governantes políticos, padres, coordenadores, etc.
Porque sempre me parece algo longe de mais da realidade.
Mesmo que cumpram com sua palavra sempre tem algo muito maquiado na história.
Sempre há uma falha.
Eu quero que mude, eu quero mudança;
MUDANÇA de consciência, atitude .. de Vida!
Eu quero ser mudança .. Então me deixa ser!!
Isso não é pra ser só mais um texto poético.


"Tenho em mim todos os sonhos do mundo" - Fernando Pessoa 


.. Quero MUDAR o mundo !!

sábado, 19 de março de 2011

00:54

Verbos e outras Liberdades ..













Eu mudei, sim, eu mudei muito.
Não sou a mesma de antes.
Eu não sou mais.
Eu serei!
Não faço mais as coisas de antes.
Eu deixei de fazer, para acontecer.


.. Hoje eu sou ..


Eu não me prendo mais.
Eu solto tudo.
Eu liberto a dor.


Eu sou o amor.


Eu não passo mais.
Eu faço ficar!


.. Eu aprendi a voar ..


Eu não quero mais ...
Eu desejo mais.
Eu não espero mais ...
Eu faço acontecer!

quarta-feira, 16 de março de 2011

22:57

Só de Passagem. ..


Há sempre o vazio.
Nunca pense que a vida é curta.
Nem mesmo se ela for.
A verdade é que já não somos tão jovens.
E esse tempo já passou.
A culpa permanece junto a duvida.


Há sempre a duvida.
Mas antes da duvida o medo.
E muito orgulho.
Táticas usadas de auto defesa.


Por isso estou indo mais uma vez pra luta.
Porque não existe vencedores.
Apenas pó e caixas pretas.
Disso todos nós sabemos.
Somos velhos nesse assunto.


E nós nem somos tão velhos assim.
O tempo?
Só está no começo.
Porém um dia findará.
Como tudo nessa vida.


E neste dia quero ter a certeza de que vivi.
Que vivi plenamente!

22:35

Eu Fui ..

Não faço mais perguntas como outrora, me fiz montada na incerteza da vida, fui ferida pelo amor e curada pelas lágrimas, não faço nada do que fiz antes, excerto ainda acreditar no amor .
Fui guerreira da minha própria batalha e perdi, deixei de lutar e fracassei. Mas hoje decidi, sou dona do meu próprio destino, dos meus pensamentos, todos os ideias.
Eu sou minha!

quarta-feira, 9 de março de 2011

12:53

A roda de samba acabou...

O surdo ficou a ecoar, e o chorinho já não chora mais.
O repique parou e a mulata já sambou.
Chegou ao fim, agora é vez de tirar a fantasia.
Todos já se foram.
As paixões acabaram agora é vida real.
Vez de rir e de chorar... O enredo vai acabar e o portão se fechar...















Agora só na memória vai ficar.

terça-feira, 8 de março de 2011

18:30

Mulher .. Poder e Pudor .

Mulher que é força, trabalhadora.
Mulher que faz amor, esposa.
Mulher que é ternura, mãe.
Mulher que é charme, mulher.
De tantas formas e gestos ela vive plenamente.
De tantos gostos e cores ela dança.
Ela é poder, que manda que faz acontecer.
Ela é pudor quando se entrega a paixão, quando tem medo.
Ela pode.
Ela explodi emoções.
Ela é sol de verão.
Ela é flor de primavera.
Ela é frio de inverto.
E folha seca de outono.
Ela é 365 dias do ano.
Ela é mulher.

segunda-feira, 7 de março de 2011

22:14

As pessoas crescem ...

Amizade é pra sempre .. E crescer, mudar de opinião faz parte, nós só seguimos nossos corações .. E isso faz toda diferença na nossa amizade .. Sem cobranças .. Apenas amar!
Nossas escolhas nunca vão mudar o que sentimos. 
Isso é que amar .. As nossas escolhas não nos atrapalha, apenas faz admirar .. Porque eu me admiro com vocês. a garra, a vontade de crescer, de ser .. Me admira as atitudes e pensamentos, isso que me prende a vocês .. 
Com seus dons de encantar;
De cativar;
De descontrair; 
Faz a diferença e me faz querer vocês por perto.
Porque amizade não se compra.
Porque faz muito bem pra alma ter um amigo.
Porque a vida é feita de coisas assim.
Porque não importa eu sou teimosa, vou sempre estar aí pra construir e reformar nossa amizade.
Eu tenho dois bons motivos pra ser feliz, e eles tem nome:
Sabrina e Viviane.
Nós crescemos sim, mudamos, trilhamos caminhos distintos, mas o amor prevalece.
A cada dia que passa mesmo na distancia ou na proximidade nossa amizade cresce mais
que os caminhos que tomamos, cresce mais que nossas diferenças ..
Diferenças que fazem toda diferença em nossa linda e eterna amizade.

Obrigada por me aguentarem e me amar .. Amo vocês!!


00:10

A colombina

Ela se apaixonou pela última vez.
Se fez de inocente mas ela sabia do seu fim.
Mais uma vez seu coração foi partido.
Mais uma vez dor.
Ela se pintou pela última vez.
Se fez de forte uma vez mais.
Mais uma vez sozinha.
Fez cair as mascaras.
Ela derramou a última lágrima.
Deixou escorrer por todo corpo.
Como sangue que emana, que flui.
Vestiu seu melhor vestido.
Se colocou de pé mais uma vez.
Saiu pela porta, sem presa de ver sua obra de arte terminada.
Era noite de carnaval.
Ninguém sabe o tamanho da dor de uma mulher com o coração partido.
Ninguém sabe a raiva que ela carrega.
E ela estava bem fantasiada, um sorriso leve e gentil na cara.
Mais uma vez ela se pôs a sambar.
Sambou como se não houvesse amanhã.
Até ele chegar.
E ele adentrou a festa com seu belo terno azul turquesa e um lindo sorriso no rosto.
A coisa que a vez se apaixonar, aquele maldito sorriso.
Ela fingiu não ligar e foi buscar um drinque.
Ele foi atrás dela.
Foi então que o plano apareceu em sua mente.
Ela voltou e o beijou.
Ela fez aquilo pela última vez.
Ele pediu para ficarem sozinhos, ela aceitou.
Após um bom amasso ela desceu as escadas com cara de satisfação pela última vez.
Ela acabará de terminar o ato mais importante daquela peça.
Ao chegar em seu prédio fumou o último cigarro, abriu a janela e admirou a noite gélida.
Respirou fundo pela última vez.
E se jogou em um mar de ilusões, medos e delírios da alma.
A raiva a consumiu.
Ele acabou com a vida dela e ela com a dele, e ao fim não viu sentido na vida e terminou o que começou.
Os jornalistas chamaram de crime passional, mas eu chamo de:
Vingança & Amor ...


Amor de carnaval.

quinta-feira, 3 de março de 2011

03:33

Esperar o Silêncio ...

Esperar a hora certa, esperar que ela chegue.
Passar horas imaginando: "E se ... ?"
Repassar os momentos todos, relembrar a primeira vez.
Contar com a sorte.
Esperar que o destino faça sua parte.
Rezar para que ele realmente exista.
Contar às estrelas seu grande amor.
Realmente acreditar que já esqueceu, que tudo passou.
Sentir em seu âmago um jorro de emoções e engolir tudo, fingir que não é nada.
Esconde-lo de tudo e todos.
Chorar em histórias com finais feliz.
Conhecer outras pessoas, mas sentir que pertence a outra.
Colocar uma nuvem em cima das estrelas, para não vê-las brilhar.
Esperar por uma nova paixão, ou que uma antiga regresse.
Pensar que é melhor assim e alguns minutos depois achar isso tudo loucura.
Dar nome as coisas, fugir ...
Esquece-lo no dia a dia, mas lembra-lo na melodia.
Se lembrar que nada aconteceu, além de um grande afeto, um olhar incomum ... Profundo.
Mas guardar cada momento, cada palavra que em silêncio habitou em nossa órbita, como um grande tesouro.
Esperar que tudo isso passe logo, que seja apenas fogo ...
Esperar que isso aconteça ...
Esperar sempre.