quinta-feira, 3 de março de 2011

03:33

Esperar o Silêncio ...

Esperar a hora certa, esperar que ela chegue.
Passar horas imaginando: "E se ... ?"
Repassar os momentos todos, relembrar a primeira vez.
Contar com a sorte.
Esperar que o destino faça sua parte.
Rezar para que ele realmente exista.
Contar às estrelas seu grande amor.
Realmente acreditar que já esqueceu, que tudo passou.
Sentir em seu âmago um jorro de emoções e engolir tudo, fingir que não é nada.
Esconde-lo de tudo e todos.
Chorar em histórias com finais feliz.
Conhecer outras pessoas, mas sentir que pertence a outra.
Colocar uma nuvem em cima das estrelas, para não vê-las brilhar.
Esperar por uma nova paixão, ou que uma antiga regresse.
Pensar que é melhor assim e alguns minutos depois achar isso tudo loucura.
Dar nome as coisas, fugir ...
Esquece-lo no dia a dia, mas lembra-lo na melodia.
Se lembrar que nada aconteceu, além de um grande afeto, um olhar incomum ... Profundo.
Mas guardar cada momento, cada palavra que em silêncio habitou em nossa órbita, como um grande tesouro.
Esperar que tudo isso passe logo, que seja apenas fogo ...
Esperar que isso aconteça ...
Esperar sempre. 


0 comentários:

Postar um comentário