terça-feira, 26 de abril de 2011

22:49

Caminhar é Preciso.

Foi andando, andando que eu cheguei a essa conclusão.
Não há final feliz se você fica parado.
Não há beijo que dure se você não faz por onde.

Foi admirando o girassol que eu percebi.
Não que há um ser tão amoroso que nos dá de presente a beleza.
Não há Deus que não o faça belo.

Foi sendo sincera que eu descobri que é humano errar.
Que se chega longe com honestidade.
Que não há no mundo alguém que vai sempre te dizer coisas boas.
Mas você pode tirar o melhor de cada situação, de cada critica.

Foi amando que eu descobri o cativar.
Que memorizando pequenos detalhes como um sorriso,
Você pode se esquecer um nome mas jamais se esquecerá daquele sorriso.
Que você sempre vai ter um ombro para chorar.
Mas nunca será o mesmo ombro, ele vão mudar com tempo.

Foi errando que eu aprendi a não confiar tanto.
Que se você espera muito você pode se decepcionar
Que mais vale o silêncio que palavras mal pensadas.
Mas nunca deixe de falar o que pensa!

Que lutar é condição.
Que a paz vem para quem ama.
Mas que é preciso mudar.

E que a vida segue.
Nas estradas da vida.
E que se deve caminhar sempre.

Foi caminhando que eu aprendi a chegar.


Quando você caminha você move o mundo ..

segunda-feira, 25 de abril de 2011

20:54

Vida Que Queremos Vida.

Vida em abundancia.
Plenitude em direitos.
Ter respeito e condições.
Ser a massa com fermento de um novo país.
Ser terra, ser a água.
Ser fogo e ser o ar.
Ser o que da vida boa a juventude vem me dar.


Não ser só um estado.
Ser conceito e condição.
Ser juventude plenamente.
Ser o verbo em ação.
Ter e ser vida, a vida que queremos.

domingo, 24 de abril de 2011

00:37

Primeira Página de Um Jornal

Arrancou de mim a carne;
Fez dela o que quis.
Não deixei de sorrir.

Arrancou de mim a escolha;
Fez de mim marionete.
Não deixei de cantar.

Arrancou de mim a dignidade.
Fez de mim marginal.
Não deixei de ir à luta.

Arrancou mim a vida;
Fez de mim mais um número na estatística.
Não sorri,
Não cantei,
Não lutei,
Não mais existi

segunda-feira, 18 de abril de 2011

21:44

- Prece de uma Mulher Recatada -

Todo tipo de desejo seja bendito.
Toda forma de expressão seja louvada.
Toda criação seja exultada.
A beleza fugas, o pão de cada dia e a canção da despedida.

Meu Deus como ser tão tola?
Meu Senhor deixe me ser o que sou!

Todo tipo de arte seja apresentada.
Toda a mão pegue, segure.
Toda boca beije.
A contradição, a nação e o sermão da montanha.

Meu Deus como ser tão Mulher.
Meu senhor deixe que ele venha até mim!

Todo tipo de corpo dance.
Toda mulher se apaixone.
Todo homem a ame.
A simplicidade, a loucura, a oração do Pai-Nosso a meia noite.

Meu Deus por que não ser ?
Meu Senhor liberte nos de todo mal!

Que não seja pecado meu.

Toda mulher tenha em quem confiar.
Toda perna tenha onde se esfregar.
Toda alma seja livre pra conjugar o verbo como queira ..
A cama bagunçada, a vela acesa, a prece rogada.

Meu Deus como amar assim?
Meu Senhor traga ele para mim!

Toda fé seja encontrada.
Todo amor seja dado.
Toda carícia seja trocada.
A feiticeira, a misteriosa e a mulher de cada dia.


Meu Deus que não seja pecado viver assim.

Toda liberdade de expressão seja louvada.
Toda imaginação seja liberta dos pecados da censura ..

Amém .. 



sábado, 16 de abril de 2011

03:51

Inocência

Fui longe de mais para  saber que era o fim.
Cheguei perto de mais de um final feliz.
Passei da hora de dormir.

Tomei o último cole de inocência.
Não fui esperta.
Apostei tudo que tinha.
Morri a beira mar.

Fui boba.
Apaixonada.
Fui menina.
Iludida.
Sou Mulher.
Amargurada.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

01:15

Trilha do Sol

Sem pressa eu vou caminhado, vou trilhando meu destino.
Com pressa tenho sede de resultados.
Sem medo eu vou lutado.
Com coragem eu vou sonhando.

Ousar sonhar.
Ousar cantar uma nova canção.
Ousar ser o hoje e colher o amanhã.
Ousar fazer o bem.
Ousar ser amor.

Sem dias ruins eu vou seguindo.
Com dias difíceis eu vou sorrindo.
Sem negativismo eu vou partindo.
Com otimismo prosseguindo.

Ousar lutar sempre.
Ousar dançar na chuva.
Ousar dizer a verdade.
Ousar plantar a paz.
Ousar cativar.












Não ter medo de dias difíceis, não deixar se abalar.
Ver beleza no simples e no que maldizerem.
Não julgar o livro pela capa.
Sacuda a poeira dos sandálias deseje a paz e siga.
Pois afinal a caminhada só está começando.
Ame mais, viva mais .. Seja e deixe ser ..
Descanse na sobra admirando sol!

sábado, 9 de abril de 2011

00:09

Canto do Gato

Tem quem tenha medo.
Tem quem tenha dó.
Tem quem use da superstição.
Tem quem use da imaginação.

Só sei que em teus olhos vi o mundo.
Passando em vermelho;
Novelo de Lã.
Que tece a história,
Que faz a vida acontecer.

Gato da sorte.
Gato do azar.
Gato preto venha me acariciar.

Tem quem faça amor.
Tem quem faça guerra.
Tem quem use o bem.
Tem quem faça bem.

Só sei que do seu leite bebi.
Que o seu pelo macio acaricie.
Sua dona eu fui;
Sua dona serei.

Gato preto da sorte venha cruzar minha esquina e nunca mais voltar.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

03:39

- Estrela -

Minha estrela se apagou.
Quem deixou ela triste assim?
Disseram para mim que foi apenas o fim.

Fim de que meu Deus?
Quem levou de minha estrela o amor?

Foi assim um fim de tarde.
Elas simplesmente não veio me ver.
Quando foi que ela perdeu a fé?
Não sei.
Não vi mais.
Se foi, e não mais voltou.
Só sei que sem brilho minha vida ficará.
Quem tirou de mim minha estrela?

sábado, 2 de abril de 2011

01:48

Madrugada

Loucuras da madrugada .. 

Ah madrugada, quem és tu? Divina ou a louca desventura dos amantes sonhadores????

 .. Um mistério à todos nós, daqueles que dá gosto de desvendar! 

A noite é uma mulher, misteriosa e que tem que se desvendada com amor e respeito, se não ela te fere mortalmente! 

Ela não aprendeu a perdoar, devora os corações de quem a magoar .. Fatal e Mortal, sim é ela a Madrugada!

Madrugada te faz sonha ao mesmo tempo. Rima de sonhos que não se faz. corações ardentes, frio na alma...mas apaixonante!

Aquece o coração dos loucos, e deixa um gosto amargo nos apaixonados, porque depois da madrugada vem a manhã seguinte .. 

E o dia chega sem sonho ou ilusão. Real, verdadeiro, triste. E espera a madrugada volta com a lua a iluminar...e a sonhar!

Sonhar como os bobos, iludir-se com estrelas e farrear como as crianças nas férias: sem responsabilidade e sem hora para acordar.

 Ah.... choro porque sei que tu é abstrata ... porque o meu amor nunca irei ter, porque ela se foi. E só você, lua amante tenho!

A lua é dúbia, e sabe mentir .. Usa da luz que não tem para enamorar os apaixonados, é dai que a poesia vem ..




[Dois pontos de vista sobre a madrugada de um lado a loucura do outro a paixão.
Escrito por Rafael de Oliveira & Bianca Ortega em uma madrugada aí .. ]