terça-feira, 24 de maio de 2011

22:40

Você.

Você pode partir, não vou chorar, nem pedir pra ficar.
Você pode ir, não vou reclamar, nem brigar.
Você pode ficar com tudo que foi nosso, não vou contestar.

Você nunca foi real, eu perdi você no segundo olhar.
Você não passou da porta, você nem entrou, você nunca foi meu.
Você não vai voltar.

Se fosse verdadeiro, você não partiria.
Se fosse nós dois, você nunca diria que a culpa é sua e não minha.
Se fosse você, eu nunca diria que você pode partir.

Você pode partir, eu não vou chorar, aliás, eu nunca choraria por você.
Você não sabe o que é amar!
Adeus ...

0 comentários:

Postar um comentário