quinta-feira, 21 de julho de 2011

19:12

Persona

Sou um personagem!
Um personagem de mim!


Eu uso do meu espaço.
Eu sou um ator da vida.
Eu brinco em cena.
Eu jogo as mascaras todas no chão.
Eu sou o eu lirico.
Eu sou o verbo a ser conduzido.
Sou o personagem em construção.


Sou o corpo que cai.
A mão que levanta.
Eu faço e desfaço.
Eu sou a maldição.
Sou o beijo da morte, e o perdão ao coração.


O personagem que há em mim vive.
Sou minha melhor cópia.
Sem mascaras.
Com mascaras.
Eu me crio.
Me reinvento.


Me adaptando ao mundo inteiro.
Sou o sempre relativo.
O sonho.
Que ressoa.
Que vibra.
Que atua em mim.
Sou um personagem de mim. 
Falido mal pago porém Feliz!








Ser um personagem de si, é realçar aquilo que somos!

0 comentários:

Postar um comentário