quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

12:46

Morena de Guadalupe.

Morena de Guadalupe, Latina como nós.
Jovem como nós.
Revolucionária como poucos de nós.
Sonhadora como ninguém.
De cores e mistérios.
De fato és a única.
Com sua prova dura,
Mas sem perder a ternura.
Rosas
As eleitas para seu milagre.
Um índio.
O escolhido para torna-lo possível.
Em seu manto se encontra as estrelas do céu.
E sobre seus pés a lua.
Fazendo dela Imperatriz.

La Morenita.
De voz doce.
Que só queria mostrar o que é amor,
Queria ensinar o que é justiça.
Ajudar seu povo sofrido.
E mostrar ao mundo seu filho Jesus.

Mãe dos marginalizados.
Dos oprimidos.
Mãe que é igual.
Que se iguala em humildade.
Que deixa de joelhos os que nela
Não acreditam.
Que em um manto 
Deixou sua mensagem.
Criando assim seu mistério real.

E assim sua mística de amor se dá.
Guadalupe a Morena,
Que vez o nascer do sol.
Preparou a vinda do menino Jesus.
O menino Sol.
Que salvou seu povo da morte,
Da escravidão.
E os libertou.

A verdade,
Pela flor.






Salve a Virgem Morena de Guadalupe.


0 comentários:

Postar um comentário