segunda-feira, 15 de abril de 2013

17:59

Devaneios de uma Noite de Insônia.

- Gosto de lembrar do seu olhar.
Porque sei que ele me olhava, sei que era para mim.
Me olhava sem pudor, sem esconder que me olhava.
E parte dele me idolatrava, me detestava e me desejava.
Sem malícia, apenas por ideologia vã e vil.
Sei porque era exatamente assim que eu te olhava.
Reciprocamente. 
Loucura isso, 
mas gosto de parar para lembrar do seu olhar. - 


0 comentários:

Postar um comentário